Voltemos ao Evangelho!

O EQUILÍBRIO DA NOIVA

Por Marco Elias


“Não julgueis segundo a aparência, mas julgai segundo a reta justiça” - João 7:24

Que sejamos justos e equilibrados em nossos discursos e debates. Apontar equívocos religiosos é um dever bíblico do cristão, todavia o que não se pode fazer (em hipótese alguma) é ignorar os rumos que a vida com Deus imprime na caminhada daqueles que são verdadeiramente fiéis a Cristo. Quando Paulo disse “examinai tudo e retende o bem” significava exatamente isto que está escrito. Fica explicito que o resultado da vida cristã precisa ser examinado e o melhor dela deve ser extraído e guardado pelos servos de Deus.

O cânon bíblico está fechado e ninguém pode acrescentar absolutamente nada à palavra de Deus, todavia a mesma palavra de Deus sabiamente altera o “status quo” (estado das coisas) da vida eclesiástica e abre as portas aos fiéis para uma nova visão de mundo. Não estou falando de gnosticismo, estou falando de bíblia sagrada aplicada. Quando a palavra de Deus disse que antes que venha o grande e terrível dia do Senhor Deus derramaria do seu Espirito sobre toda a carne é isto mesmo que está escrito (e deve ser entendido de forma literal) e cabe lembrar que o grande e terrível dia do Senhor ainda não aconteceu, logo há espaço para todos os acontecimentos dos dias da igreja primitiva nos dias atuais.

O escriba bem instruído sobre o reino dos céus é semelhante ao pai de família que tira do seu tesouro coisas velhas e novas (e as coisas novas são desconhecidas do público geral), o pregador munido dos escritos vétero e neotestamentários poderá (cheio da graça do Espirito Santo) alcançar enigmas de Deus escondidos na sua palavra. Obviamente todo o material essencial para a salvação do homem e sua separação desta geração perversa está explícito na palavra de Deus em sua letra inspirada. Nos tempos antigos o bom noivo ao redigir uma carta para a sua noiva lhe passava toda a informação essencial de forma clara, límpida e totalmente transparente (de modo que ela entendesse, sem deixar sombra de dúvidas), porém não era raro o futuro esposo se  utilizar também de enigmas e segredos na redação da carta. Apenas a noiva entendia os códigos previamente combinados. Deus além de abrir uma fonte no calvário deixou certos segredos intrínsecos na Bíblia Sagrada, os quais somente a noiva entende. (Oséias 12:10, Salmos 49:4, Mateus 13:52, Lucas 24:27 e 32, I João 2:20 e 27). (O termo noiva aqui utilizado refere-se aos fiéis em Cristo em todas as épocas e não às placas denominacionais).

Não cai bem a um cristão escutar o alarme daqueles que gritam “não creio nisto porque a Bíblia diz ‘nada acrescentes”, sendo que tais alarmistas nunca fizeram uma avaliação bíblica, criteriosa e equilibrada da questão apontada, mas pregam os supostos “decretos ocultos de Deus” atropelando a tão aclamada Sola Scriptura e descabidamente lançam em tela os “pecados decretados e escolhidos a dedo por Deus 'para louvor da sua glória'” contrariando a Bíblia Sagrada (salmos 5:4 - Isaias 5:20 - Ezequiel 18:23-28), enquanto deturpam o caráter revelado de Deus em todas as escrituras. Quando a cartilha desta vertente teológica é posta sobre a mesa o ‘nada acrescentes’ deixa de existir como se fosse por um passe de mágica. 

Mágica NÃO é coisa de Deus...
A noiva anda de branco, não é mágica, é santidade, sem a qual ninguém verá o Senhor... 

Biografia
Bíblia Sagrada Almeida Revista e Corrigida - 1995 - SBB

MARCADORES

aborto Abraão Ágape Agostinho águas Albânia Além da Letra alforria Amor Antigo testamento apocalipse apologética Àsia Ásia Central Auschwitz Auxílio ao Obreiro avião batatas batismo com Espírito Santo BBC bebida alcoólica Ben Gurion Bençãos besta Biblicamente bois brecha CALVINISMO Calvino cananeus carta cerveja cessacionismo clamor colheita comportamento Conhecimento conversão convite Crente Nominal cristãos cristianismo Daniel Santos David Botelho Deus Conosco devocional diálogo dizimo Dons Espirituais Doutrina ebd Elias ensino escravatura Esmirna ética cristã EUA evangelho evangelismo exegese expressões idiomáticas fariseus Festa da dedicação ficção filmes filosofia fim Flip Benham fonte fortalecimento Gálatas graça grupo de estudos Habacuc história história eclesiástica igreja igreja brasileira Igreja Fiel interpretação Isaías Israel Jerusalém Josenilson Félix Jourdon Anderson Julgamento Kelem Gaspar leitura leões liberalismo teológico livramento livre-arbítrio Luciano Subirá Lutero maçã madrugada Marcelo Lyrio Marco Elias Melquisedeque milagre ministério feminino missionários missões missões transculturais mitos Moisés mulheres muro Natal nazismo Nietzsche noiva Noruega novo testamento Obreiro Aprovado Oração Oriente Médio ovelha Palavra palavra revelada palha pão parlamento pastor paz Pecado peixe pentecostais Pentecostalismo perseguição perseguições pobre Pródigo Profecia profecias Promessas questionamentos Quinta medida razão humana Reforma Protestante refugiados religião remédio repreensão retórica revelação rico sabedoria sacrifício de Jesus salmos Salvação Samoa Samuel Santos sangue de Jesus santidade satélite Servas ICM sinais do fim Sinédrio Sofia Müller soldado soteriologia Templo Teologia terrorismo terroristas Tony Sousa trigo Vale verdade vida vida cristã vídeos vinha vinho whatsapp