PEQUENOS GRUPOS DE ORAÇÃO SE REÚNEM EM CAFETERIAS PARA ESTUDAR A BÍBLIA NA ÁSIA CENTRAL

26/10/16

Quando você pensa sobre o termo "igreja secreta", fotos de grupos cristãos em casas com pouca iluminação vêm à mente. Mas feche os olhos e tente imaginar isto: o cheiro de café em grão, luz baixa, e o murmúrio suave e constante de conversas amigáveis. Abra seus olhos. Você está em uma cafeteria em uma cidade grande da Ásia Central, onde as pessoas gostam de tomar uma xícara de café no final do seu dia de trabalho. Agora olhe para a esquerda. Você vê um grupo de pessoas? Está acontecendo uma reunião da igreja secreta.

"É melhor nos reunirmos em um lugar público, como um café, do que secretamente em um apartamento", diz Raikhan*, esposa de um pastor local. De acordo com a lei religiosa do país, os seguidores de Cristo podem se reunir e realizar suas atividades religiosas apenas em prédios de igrejas registradas. A obtenção de um prédio e autorização são quase impossíveis. Muitos cristãos como Raikhan são forçados a viver em clandestinidade e tornam-se parte da igreja secreta.

"Nossos vizinhos podem saber quem somos e chamar a polícia a qualquer minuto, por isso decidimos nos reunir em lugares públicos para estudar a Bíblia. Uma cafeteria é ideal. Nós só precisamos seguir algumas pequenas regras para nossa segurança. Estamos estudando uma série de lições que explicam os frutos do Espírito Santo”, conta Raikhan.

"Quando nos reunimos, fechamos os olhos e mantemos nossas Bíblias nas bolsas em todos os momentos. Somos forçados a agir assim para não atrair atenção desnecessária. No entanto, estamos felizes e satisfeitos porque, juntos, podemos estudar e aprender com a Palavra de Deus! Depois que estudamos, oramos pelas necessidades uns dos outros e o encontro termina”, ela compartilha.


*Nomes alterados por motivos de segurança.

Fonte: Portas Abertas Internacional